Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, Peru, Bahamas, Cancun, Punta Canada, Jamaica, Caribe

 














O que fazer na cidade de neve Bariloche 


Veja o que fazer e conhecer em Bariloche. Situada a sudoeste da Argentina, está uma das regiões mais visitadas por turistas brasileiros na América Latina, a bela e gelada Bariloche. San Carlos de Bariloche fica localizada na fronteira com o Chile na região da Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes. Por ser uma cidade que vive do turismo, Bariloche possui uma excelente infra-estrutura para atender os milhares de visitantes que chegam à cidade, principalmente, na época do inverno. Bariloche possui belezas estonteantes como os lagos Nahuel HuapiGutiérrezMascardi, as montanhas Cerro Tronador e Cerro López. Vamos dar dicas do que fazer nesta incrível região argentina para você aproveitar o que de melhor Bariloche tem a oferecer. 

Bariloche na Argentina

A primeira dica de o que fazer em Bariloche é o clássico passeio do Circuito Chico. O Circuito nada mais é do que um passeio com cerca de 4 horas de duração pelos principais pontos turísticos naturiais de Bariloche. Durante os 65 km entre belíssimas paisagens, os visitates tem a oportunidade de conhecerem pontos como o Parque Nahuel HuapiCerro CampanarioCapilla San EduardoPuerto Pañuelo e Colonia Suiza. Os passeios do Circuito Chico acontecem diariamente e são realizados por todas as agências de turismo local. As saídas são feitas pelo período da manhã e a tarde. Horários sçao conforme a disponibilidade da agência, mas geralmente são às 9h e às 15h. 

Circuito Chico Bariloche

Para quem deseja ir a Bariloche durante a alta temporada (inverno), a dica é esquiar no Cerro Catedral Bariloche, localizado a leste de Bariloche é considerado um dos mais famosos centros de esqui do Hemisfério Sul. São 120 km de pistas distribuídas em: 9 zonas verdes (iniciantes), 25 azuis (intermediárias), 15 vermelhas (difíceis) e 10 pretas (profissionais). Há restaurantes,  uma zona especial construída para a criançada e uma escola de esqui no interior do Cerro Catedral. Durante a baixa temporada, o Cerro Catedral recebe muitos turistas dispostos a se aventurarem em trilhas de trekking e mountains bike em torno do lago Nahuel Huapi e das gigantes montanhas dos Andes. Esquiar é sempre a prioridade da lista de o que fazer em Bariloche. Endereço: 20 km a leste do Centro de Bariloche. 

Cerro Catedral em Bariloche

Outro lugar indispensável em Bariloche é o Museu da Patagônia Francisco P. Moreno ou somente Museu da Patagônia que está localizado na área turística do Centro Cívico de Bariloche na Argentina. Fundado em 1940, o museu conta com maravilhoso acervo sobre ciências naturais, etnografia e história desta região do planeta com objetos que remetem ao cotidiano dos antigos povos que habitaram o sul da América Latina como os yámanas da Terra do Fogo e os mapuches do norte da Patagônia. Endereço: Centro Cívico, s/nº. Horário de terça a sexta das 10h às 12:30 e das 14h às 19h e sábado das 10h às 17h. 

Museu da Patagônia Francisco P. Moreno

Parada obrigatória para quem viaja a Bariloche é fazer a Travessia dos Lagos Andinos de Bariloche, na fronteira entre Argentina e Chile (Puerto Montt, capital da Região dos Lagos). Para quem vai à Bariloche através de pacote turística das agências brasileiras, praticamente, a travessia está incluída - caso não esteja, as agências em Bariloche oferecem também o passeio. Entre os pontos mais bonitos da travessia dos Lagos Andinos estão as cachoeiras do Rio Petrohué e Lago de Todos los Santos no qual os turistas podem avistar o vulcão Osorno. A travessia costuma durar 2 dias (dependendo da estação do ano) com pernoite no vilarejo de Peulla. A cidade também possui bons restaurantes e vale a pena visitar alguns. Veja a lista dos melhores restaurantes de Bariloche

Travessia dos Lagos Andinos

Postar um comentário

 
Top